O que é o projeto das Accelerated Mobile Pages?

O projeto das Accelerated Mobile Pages (AMP) é uma iniciativa de código aberto que surgiu de discussões entre editores e empresas de tecnologia sobre a necessidade de melhorar todo o ecossistema de conteúdo para dispositivos móveis para editores, plataformas de consumidor, criadores e usuários.

Hoje, a expectativa é de que o conteúdo seja carregado muito rápido e que seja fácil de explorar. A realidade é que o carregamento pode demorar vários segundos ou, se o usuário abandona a página lenta, não chega a ser concluído. As Accelerated Mobile Pages são páginas da Web desenvolvidas para carregar quase instantaneamente. Elas são um passo importante na criação de uma Web para dispositivos móveis melhor para todos.

Quais são os benefícios das Accelerated Mobile Pages?

A velocidade é importante, e ser instantâneo é o ideal. Pesquisas mostraram que taxas de rejeições mais elevadas estão associadas a páginas da Web de carregamento mais lento. O uso do formato AMP fará com que seja muito mais atrativo para os usuários consumir e interagir com mais conteúdo. No entanto, isso não se trata somente de velocidade e desempenho. Queremos também promover uma distribuição aprimorada para que os editores possam tirar proveito do potencial da Web aberta de modo que o conteúdo deles apareça em qualquer lugar rapidamente, em todas as plataformas e aplicativos. Isso pode levar a uma receita maior por meio de anúncios e assinaturas.

Como as Accelerated Mobile Pages funcionam?

As Accelerated Mobile Pages são como qualquer outra página HTML. No entanto, elas têm um conjunto limitado de funcionalidades técnicas permitidas que são definidas e governadas pelas especificações de AMP de código aberto. Assim como todas as páginas da Web, as Accelerated Mobile Pages carregarão em qualquer navegador moderno ou WebView de aplicativo.

Os arquivos AMP usam diversas abordagens técnicas e arquitetônicas que priorizam a velocidade a fim de proporcionar uma experiência mais rápida aos usuários. Os desenvolvedores de AMP podem usar uma biblioteca rica e crescente de componentes da Web que oferecem a capacidade de incorporar objetos de rich media, como vídeos e postagens sociais, exibir publicidade ou coletar dados para análises. O objetivo não é homogeneizar a aparência do conteúdo, mas sim construir um núcleo comum mais técnico entre as páginas de modo a acelerar os tempos de carregamento.

Além disso, os arquivos das AMP podem ser armazenados em cache na nuvem a fim de reduzir o tempo que o conteúdo leva para chegar ao dispositivo móvel do usuário. Ao usar o formato AMP, os criadores disponibilizam o conteúdo dos arquivos das AMP para ser armazenado em cache por terceiros. Nesse tipo de estrutura, os editores continuam controlando o conteúdo, mas as plataformas podem facilmente armazenar em cache ou espelhar o conteúdo para oferecer a velocidade ideal aos usuários. O Google forneceu um cache que pode ser usado por qualquer pessoa sem custos, e todas as AMPs serão armazenadas pelo cache de AMP do Google. Outras empresas também podem desenvolver seu próprio cache de AMP.

Em resumo, o objetivo é que a combinação de uma funcionalidade técnica limitada com um sistema de distribuição desenvolvido com base no armazenamento em cache leve a páginas com melhor desempenho e maior desenvolvimento de público para os editores.

Por que o projeto das Accelerated Mobile Pages tem uma abordagem de código aberto?

As empresas envolvidas no projeto querem fazer com que a Web para dispositivos móveis funcione melhor para todos, não somente para uma plataforma, um conjunto de tecnologias ou de editores. O uso de código aberto nesse projeto permite que as pessoas contribuam e compartilhem suas ideias e códigos para tornar a Web para dispositivos móveis mais rápida. Estamos somente no início dessa jornada e esperamos que outros editores e empresas de tecnologia se juntem a nós.

Quem pode usar as Accelerated Mobile Pages?

O projeto está aberto a todos os envolvidos no ecossistema: editores, plataformas de consumidores e criadores. Para ter uma ideia de quem são algumas das empresas e sites que usam as AMP, acesse a página "Quem".

Quais são as consequências do uso das Accelerated Mobile Pages?

Ao usar o formato AMP, os criadores disponibilizam o conteúdo em arquivos das AMP para ser rastreado, indexado, exibido (sujeito ao protocolo de exclusão de robots) e armazenado em cache por terceiros.

Que tipo de conteúdo funciona melhor com as Accelerated Mobile Pages?

O objetivo é que todo o conteúdo publicado (de notícias a vídeos, passando por blogs, fotos e GIFs) funcione com as Accelerated Mobile Pages.

Como editor, é mais trabalhoso fazer com que o meu conteúdo funcione com as Accelerated Mobile Pages?

No geral, não muito. Como o "HTML das AMP" é construído inteiramente a partir de tecnologias da Web existentes, o processo de desenvolvimento espelha o que os editores já usam hoje. Os editores podem familiarizar-se com as especificações do HTML das AMP no GitHub. Para aqueles acostumados com o processo atual, não esperamos uma curva de aprendizagem significativa.

Como um editor pode criar conteúdo em HTML das AMP?

Os editores e fornecedores de sistema de gerenciamento de conteúdo (CMS, na sigla em inglês) podem desenvolver uma integração com o CMS deles para gerar conteúdo AMP. A Automattic já publicou um plugin de AMP para WordPress, e esperamos que todos os sistemas de gerenciamento de conteúdo adicionem a compatibilidade com páginas HTML das AMP.